Não tenho sexo no meu casamento

Atualizado: Abr 1


Ilustração: Pinterest


Existem inúmeros fatores na vida de um casal que, juntos, constituem um casamento.

A vida íntima ou sexual, é um destes fatores, e um dos mais prazerosos, diga-se de passagem.


A vida sexual de um casal diz muita coisa sobre a dinâmica da relação, isso porque qualquer tipo de disfunção sexual geralmente é uma consequência de algum outro fator. Também é um pilar extremamente importante de ser cuidado e de se manter em equilíbrio.


Já falamos sobre quando nosso parceiro só procura para sexo.

Mas e se o problema for a falta dele?


Não importa o quanto as coisas estejam fluindo bem em outros âmbitos da relação, ou que o amor continue intacto, algumas vezes podemos nos derivar e acabar cedendo ao conforto da rotina. Com o tempo aquela chama de desejo íntimo vai reduzindo e acaba se transformando numa faísca. Essa faísca pode então desaparece, resultando em um casamento sem sexo.


Se você está passando por alguma situação parecida, você não está sozinha.

Uma pesquisa feita pelo The New York Time em 2019 sugere que 20% de todos os casamentos do mundo transam menos de 10 vezes por ano.


Para alguns casais, o casamento sem sexo pode ser uma experiência muito dolorosa.

Não é necessariamente a falta de sexo que causa a dor, mas a falta de intimidade com seu parceiro. Podemos viver sem sexo, mas não podemos viver sem conexão e intimidade. Geralmente, é essa falta de intimidade e conexão emocional que cria uma profunda sensação de solidão e desespero.


Embora seja muito possível manter uma conexão forte e íntima sem sexo, se a falta de intimidade física se faz em vários outros âmbitos além do sexual, é um problema que precisa ser trabalhado. Caso contrário pode ser extremamente solitário e frustrante a dor de não se sentir sexualmente desejada.


Seja por trabalhar longas horas ou por ser pais novos com responsabilidades adicionais, não ter tempo suficiente pode sobrecarregar o casamento e levar a uma vida sexual reduzida ou inexistente. Quando você está exausto, o sono se torna a prioridade sobre todo o resto.


O estresse é, geralmente, a principal razão para explicar um casamento sem sexo, o que faz sentido, uma vez que pode ser um exterminador da libido.

Bloqueios emocionais como raiva, ressentimento e falta de conexão emocional com um parceiro também podem levar os casais a parar de fazer sexo.

Não ficar satisfeito com o que está acontecendo entre os lençóis é outra causa comum. É por isso que a comunicação saudável sobre o que funciona para você, sexualmente, é tão importante.


Sem uma conversa honesta e próxima, como seu parceiro pode saber o que você gosta?

Muitas pessoas realmente não sabem o que querem e não entendem seus próprios padrões de excitação, o que torna muito desafiador dar feedback ao parceiro.


Quando a vida aparece com um evento de mudança, ela pode abalar todas as de um relacionamento. Isso pode ser uma série de coisas, como o nascimento de um novo bebê, cuidar de um pai idoso, conseguir um novo emprego, mudar-se e enfrentar problemas de saúde. Esses principais eventos, podem representar dificuldade para os casais que trabalham para encontrar seu fluxo novamente. Então, de repente, faz semanas, meses ou até anos desde que eles ficaram ocupados.


Se os dois parceiros desejarem aquecer as coisas no quarto novamente, existem medidas que você pode tomar para reavivar a chama.

O primeiro é se comunicando. Falar sobre o fato de você não estar fazendo sexo pode abrir a porta para uma melhor comunicação e criar mais conexão.

Essa conversa pode levar a conversas futuras, nas quais você pode expressar suas necessidades e desejos sexuais, sem vergonha.


Texto adaptado por: Rafaella Priolli

Conteúdo original: Cris Monteiro (Youtube)

33 visualizações
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube

11 99117-6659

©2020 por Cris Monteiro.