Lidando com uma pessoa estressada

Atualizado: Mai 4


Ilustração: FreePik


Como funciona a dinâmica do seu relacionamento?


Você e seu parceiro são do tipo inabaláveis que levam a vida sempre numa boa não importa o que? Ou são do tipo que, como nós, meros mortais, eventualmente, deixamos nossos sentimentos atrapalharem a maneira como lidamos com as desavenças e pessoas ao nosso redor?

Afinal, vamos concordar, ninguém é perfeito a ponto de não perder a cabeça nunca. Até Deus já encheu o saco e trouxe um dilúvio para inundar tudo. Noé quem o diga, né?


A pressão da vida e da rotina pode ser muito cansativa e estressante. Boletos, aquele terrorzinho básico que não deixa a gente dormir bem a noite, dentre outros muitos estresses diários como trabalho, filhos, saúde… Poxa Cris, e ainda no fim tem que lembrar da paixão e do respeito dentro de casa toda hora? Fica difícil né?

Na verdade tem sim. Ninguém falou que era fácil. Rs. Plot twist.

Mas pera lá, de vez em quando perder a linha é uma coisa. Mas, quando as coisas esquentam com muita facilidade e mais frequência que o de se espera, além de termos, claramente, um esquentadinho no pedaço, temos também, um problema.


O estresse no relacionamento pode afetar até a relação com o vínculo mais forte.

Quando o estresse entra em qualquer relacionamento, ele tem o potencial de criar distância, desacordos e desconexão entre você e seu parceiro.

Mas, ao fornecer suporte quando ele está estressado, você pode aprender a lidar com o estresse em um relacionamento, aos poucos, e também cria um novo nível de intimidade que realmente aproxima os dois.


Nem todos os métodos de apoio levam a resultados positivos. De fato, algumas reações podem realmente piorar o relacionamento.


Para ajudar você a entender melhor as maneiras mais eficazes de lidar com seu parceiro em períodos de estresse, detalhamos vários fatores para se prestar atenção:


1. RECONHECENDO OS SINTOMAS DO ESQUENTADINHO NATO


Como seu parceiro age quando está estressado?


Como eu falei antes, perder a cabeça lá e cá, às vezes, pode ser aceitável. Mas nunca é aceitável quando isso se torna desrespeitoso diante de ti, usando a desculpa do estresse para ter surtos nos quais ele te desrespeita e te diminui, causando cicatrizes na relação.


Pergunte a si mesmo: como meu parceiro mostra seu estresse?


2. COMPREENSÃO E CALMA NA ALMA


Quando o seu parceiro está passando por um estresse, ele ou ela pode ficar distante ou agitado e se afastar emocional ou fisicamente.

Pode ser que você se sinta sozinho e vulnerável, como se não fosse apreciado em seu relacionamento. Seu instinto nessa situação pode ser devolver o tratamento do seu parceiro, da maneira que ele está tratando você.

Isso não vai resolver nada. Você está apenas reagindo em vez de pensar.


Em vez de ceder ao desejo de "deixá-los ver como se sente" e aumentar a tensão negativa no relacionamento, dê um passo para trás e mostre alguma compaixão - não apenas pelo seu parceiro, mas por si mesmo. Ao atender às suas próprias necessidades durante esse período, você estará mais forte, mais segura e melhor preparada para ser a âncora que seu parceiro (e seu relacionamento) precisa.


3. ABRINDO AS LINHAS DE COMUNICAÇÃO


Muitas pessoas têm a tendência guardar para si quando estão ansiosas ou chateadas, inclusive, quando lidam com sentimentos de isolamento causados ​​por estar com um parceiro estressado. Você pode ter aprendido desde cedo que suas necessidades não serão atendidas, então acaba aprendendo a parar de pedir o que precisa.


Se você perceber que seu parceiro se retirou, faça um esforço e diga algo como:

"Parece que você está passando por alguma barra. Como posso ajudar?”

Isso abrirá as linhas de comunicação e permitirá que seu parceiro saiba que pode contar com você para suporte. E não só descontar em você.


Durante períodos de estresse, queremos nos sentir apoiados.

Ouvir sem julgamento ou reação imediata exigirá uma quantidade enorme de paciência, bondade e compaixão do seu lado, mas acabará ajudando você e seu parceiro a desenvolver uma maneira mais positiva de avançar e construir um relacionamento mais forte e saudável.


4. OLHE PARA SI


Você não será de grande ajuda se tiver problemas para gerenciar seu próprio estresse. Quando as atividades diárias da vida nos mantém tensos, o estresse pode aumentar rapidamente.

Tente diminuir a velocidade e dar tempo ao seu corpo.


Um aspecto fundamental para evitar o estresse no relacionamento é o relaxamento pessoal.

É realmente bom quando você e seu parceiro estão na mesma página emocionalmente. Não há nada como um vínculo emocional próximo em que cada um de vocês possa se apoiar um ao outro durante tempos trevosos.


Embora o estresse do relacionamento possa atingir todos os casais em algum momento, vocês podem acalmar o coração um do outro e praticar maneiras construtivas de ajudar.


5. CONHEÇA:


Uma das melhores maneiras de lidar, é conversar.

Suas palavras podem ter poder se você as usar para entender como o seu parceiro está se sentindo e ter uma noção de onde está o estado emocional dele.


Você pode se surpreender com o quanto aprende sobre sua outra metade e com a rapidez com que podem trabalhar juntos em direção a uma solução.


6. PACIÊNCIA


O estresse pode encher sua cabeça de palavras raivosas e emoções concisas.

Em vez de sucumbir a esses sentimentos, tente deixar seu parceiro dizer o que pensa sem nenhum tipo de julgamento do seu lado. Acusações, grandes exageros ou elogios falsos não ajudam.


7. O ESTRESSE É PARTE DA VIDA


Lidar com o estresse nunca é fácil, mas faz parte da vida.


Mesmo que o seu parceiro tenha sido a âncora, muitas vezes, do seu relacionamento, chegará o momento em que ele não terá forças e nem saco e você terá a oportunidade de fornecer o amor e o apoio necessários.


O importante é manter o diálogo e o equilíbrio, para que os dois possam contar em manter o respeito pelo outro e ajudar, caso necessário.


Texto adaptado por: Rafaella Priolli

Conteúdo original: Cris Monteiro (Youtube)

92 visualizações
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube

11 99117-6659

©2020 por Cris Monteiro.